sexta-feira, 1 de maio de 2009

SLAKE , 12 anos depois...

Ao contrário do que possa parecer essa postagem não é sobre nostalgia, embora este seja um dos meus sentimentos mais recorrentes. Na verdade essa releitura de um personagem antigo foi um teste que fiz comigo mesmo, pra ter uma noção de como andava a minha percepção para o desenho depois de tanto tempo.
Mas também porque uma das perguntas que mais ouço é:
“Como você aprendeu a desenhar, fez curso?”
E eu respondo sempre da mesma forma:
“Não, é só praticar...e procurar não parar de desenhar nunca!”
Desenhar é como qualquer disciplina escolar, você só vai ser bom se estudar e praticar muito. Eu mesmo acho que evoluí muito pouco, mas evoluí, pelo que constatei.
"Devagar e sempre" é um dos meus lemas.

Slake, foi o primeiro personagem que desenvolvi com fins comerciais, para um jornal que (ainda bem) o rejeitou. É incrível como a gente faz um trabalho que julga bom e depois de uns anos você olha pra trás e vê o quanto era amador. Mas se há algo que eu ainda gosto, e que acho que ainda é bom, é o roteiro da história.
Slake é um andarilho sem pátria, sem família e com muito poucos amigos. Vaga por uma terra onde seres como dragões, orcs, bruxos e homens combatem por soberania. Sim, é uma história inspirada em RPG clássico! Mas a história não é feita só de aventuras, o personagem é uma pessoa lacônica, solitária, melancólica e vingativa. Tudo resultado de uma tragédia ocorrida em sua juventude. Apesar de tudo, ele é capaz de se sacrificar e por a própria vida em risco por pessoas que nem sequer lhe dispensariam um olhar.

Clique na imagem para ampliar:

Nenhum comentário:

Postar um comentário